Slide

Título Slide 1

Descrição do Slide 1

Título Slide 3

Descrição do Slide 3

Voltar

Confira a base 100% funcional da CSI! quarta-feira, 6 de maio de 2020

taynrez
quarta-feira, 6 de maio de 2020
Por taynrez
Vitória, Brasil - 06/05/2020 às 14:32

A polícia CSI OT sempre se destacou devido a originalidade de seus batalhões que prezam pela união de beleza, conforto e segurança. Na tarde desta quarta-feira, 06, o Diário Policial Informativo colheu informações acerca da opiniões sobre a sede da CSI

Conforme apuração, a base da polícia é 100% funcional, ou seja, não há necessidade de alguém com direitos ativo para que funcione. Isso demonstra um esforço para que os policiais de todas os cargos tenham responsabilidades junto a CSI. Além disso, a segurança é um dos pilares da instituição e através de cursos e capacitações, os policiais da empresa se tornam capazes de lidar com todo tipo de problema que pode vir a ocorrer. 

"Eu acho uma beleza, todos conseguem cumprir suas funções corretamente em base", disse o cabo Tio_Bruno, que completou dizendo que adora trabalhar na CSI e sente orgulho tanto da empresa como de si mesmo. Já para o capitão TitioUnicornio, há sim a necessidade de pelo menos um oficial com direitos ativo em base. Segundo ele, "ataques menores podem acontecer devido a base 100% funcional". 

Pode dividir opiniões, mas não há dúvidas que a CSI OT revoluciona o ramo policial cotidianamente. Além disso, inspira que outras polícias copiem esse modelo que vem dando certo nos últimos anos. 

Base da CSI OT

Diário Policial Informativo - O maior jornal em atividade, levando informação a você!

Patrocinadores

Police Repórter - 12ª Edição

Rádio BeatsHabbo

Busque uma notícia aqui

Inscreva-se no YouTube

Siga-nos no Twitter

Curta-nos no Facebook

Arquivo de notícias

Visualizações de página

Copyright © Diário Policial Informativo 2016 ~ 2020. Todos direitos reservados. V3
Este site da web não é de propriedade nem gerenciado pela Sulake Corporation Oy e não é parte do Habbo Hotel ®
Desenhado & Codificado por Marco Cuel (Bromarks)